Algumas Fotos do SUEMG 2009 – Araxá

Salve, salve amigos,

Gostaria de compartilhar com todos vocês, minha felicidade de poder participar do SUEMG 2009 em Araxá Minas Gerais. Foi um sucesso e estou muito feliz. Minha palestra sobre Virtualização em TI foi ótima com grande participação.

Segue abaixo, algumas fotos do evento.

Take care

Marcos Antonio

SUEMG – 24 a 26 junho – Araxá

Olá pessoal,

Entre os dias 24 e 26 de junho, vou estar em Araxá, palco da vigésima segunda edição do SUEMG – Simpósio das Unimeds do Estado de Minas Gerais, que este ano apresenta o tema: Saúde – Novas estratégias para um mundo em transformação.

Na oportunidade, estarei apresentando o projeto Virtualização de TI, no painel de Experiência de Sucesso.

Promovido pela Federação Minas, o Simpósio é realizado anualmente desde 1987 e apresenta um histórico de significativa participação do público e excelente avaliação técnica. O evento é reconhecido no Estado como o mais expressivo fórum anual de discussão e lançamento de novas propostas de trabalho no ambiente das cooperativas médicas.

O SUEMG também se caracteriza como uma excelente oportunidade para as Empresas expositoras apresentarem sua marca para um público estratégico exigente, formador de opinião e de relevante participação no mercado.

http://www.suemg.com.br/Unimedsuemg/

Um forte abraço

Marcos Antonio

Roadmap Delphi, o que vem nas próximas versões ?

Por RODRIGO CARREIRO MOURÃO

Olá Amigos, como vão ?

Bem todos sabem que eu sou um aficcionado por Delphi, podem falar o que quiserem defendo e defenderei a ferramenta CQC. Notícias de que o Delphi vai acabar, que já acabou rolam desde o Delphi 1 mas eu sempre me pergunto: Como pode uma ferrament que está acabando lançar uma versão nova quase que anualmente ? Será que se investiriam em algo que não da retorno ? Isso sem falar em toda a pirataria que temos (Não serei hipocrita, sem que o custo da ferramenta para programadores soles e muito grande, mas temos o turbo Delphi que é free).

Meu inglês não é dos melhores, para falar a verdade ainda estou estudando e falta muito, mas tomei coragem para traduzir e adaptar um post de Marco Cantu sobre o Road Map do Delphi para os próximos anos. Espero que gostem e vibrem como eu vibrei ao ver o que nos aguarda pela frente.

Vamos a ele:

No dia 15 de maio deste ano, durante o Delphi Live nos EUA, a Code Gear anunciou uma grande quantidade de novos recursos para as próximas do Delphi. Durante duas sessões seguintes e CodeGear forneceu informações sobre a direção que eles querem dar para o Delphi. A quantidade de informação passada foi muito grande. `Ficou evidente que eles estão investindo muito em Delphi (provavelmente mais do que em qualquer outra época da história do produto e que a aposta da Embarcadero no Delphi e bastante grande. David I iniciou o primeiro KeyNote falando a comunidade de desenvolvedores, mostrando uma entrevista gravada com Wayne Williams, CEO da Embarcadero, que confirmou: “Estamos investindo pesado no Delphi” e que disse ao David: “Somos fã de vocês há muito tempo”.

Finalmente ele mencionou que, apesar da desaceleração econômica o “negócio é saudável”. Michael Swindell foi o próximo, citando o fato de a Embarcadero ser “all about development tools”, falando sobre AllAcess, InstantOn e outras questões técnicas. Ele exibiu um logo muito legal “Embarcadero Loves Delphi: e discutiu o objetivo fundamental para o Delphi nos próximos anos.”Native Delphi Everywhere”, citando Mas OS X e Linux, e também mobile, RIA, programação nas nuvens.

Seguinte Michael falou sobre “Delphi Natural Input”, dizendo que as novas formas de entrada vão mudar a nossa forma de interagir com computadores nos próximos anos. Ele se referiu a touch screen, surface tables, accelerometers, GPS, voz e muitos outros. Em seguida ele demonstrou isto na prática com a próxima versão do Delphi (CODEC Weaver).

Ele mostrou o novo componente GestureManager, que captura gestos predefinidos para eventos, como definir gestos personalizados, e demonstrou algumas aplicações que vão desde um toque de básico FishFact a um programa para manipular imagens usando as duas mãos. E esse foi um aplicativo nativo em Delphi, que pode funcionar também em versões mais antigas do Windows (e não apenas no Windows 7). Tecnicamente ele disse que os gestos serão vinculados às ações, ou seja, você será capaz de lidar com um evento OnGesture. Nick Hodges foi o próximo e falou sobre o Delphi 2009, principalmente sobre os novos recursos, a qualidade, novidades da linguagem, suporte a banco, COM, novos componentes da VCL, ID etc. Ele falou também sobre Delphi Prism e suporte a .Net 3.5.

A última parte (este durou 2 horas e meia) foi Mike Rozlog que conduziu, o novo Delphi Product Manager, que apresentou o novo Road Map do Delphi. Ele anunciou uma série de projetos que estão sendo “tocados” em paralelo, mas não definiu uma data para liberação. São eles:

Projeto Weaver: Foco na Experiência do Usuário (com o novo IDE Insight e suporte a touch), Conectividade, melhoria na documentação e aumento da produtividade em equipe. Ele terá uma nova versão do DataSnap com suporte a HTTP, um servidor built-in RESTO, Proxy .NET para DATASNAP e suporte a Callback. Suporte nativo a firebird como já havia sido anunciado. Outro recurso será o suporte a AOP (programação orientada a aspectos), através de atributos adicionados ao compilador win32 com suporte a varias extensões ao RTTI (este assunto foi abordado em outra palestra por Berry Kelly). O projeto Weaver terá ainda integração com subversion, Suporte a Windows 7 e Direct2D e suporte a SOAP 1.2.

Project Delphi “X”: Foco em suporte a Cross-Plataform para Linux e MacOS para desenvolver aplicação tanto client e servidor. Aparentemente isso será demonstrado hoje (Dia 16 no Delphi Live).

Projeto Chromium: Este foca na produtividade do desenvolvedor irá incluir formatador de código, documentação para ToolsAPI, novo modelo de DataBinding e integração com as ferramentas de banco de dados da Embarcadero.

Projeto Commodore: Este trará um compilador nativo para Windows 64 bit, suporte a 64bit para RTL e VCL, suporte a Multicore e “parallel RTL”.

Olhando para o futuro, Mike Rozlog menciona a computação nas nuvens (), Web 3.0++, que vão além de RIA. Finalmente ele mostra um slide sobre programação funcional, programação declarativa e mais plataformas.

Enfim para mim o Delphi é e sempre será a melhor ferramenta de desenvolvimento de todos os tempo (opinião pessoal) claro que não podemos nos fechar para novas tecnologias mas como vocês podem ver se o Delphi continuar a acompanhar as novas tendências não teremos por que migrar.

Abraços a todos e até o Delphi Weaver, ou seja lá qual for o nome.

Traduzido e adaptado do blog de Marco Cantu
http://blog.marcocantu.com/blog/delphi_live_2009_2_roadmap.html

Notícias Importantes Relacionadas ao FireBird

  • Foi anunciado que a próxima versão do Delphi terá suporte oficial ao Firebird no dbExpress.
  • Depois de algum tempo paralisado, o autor do IBObjects está no momento portando os componentes para Delphi 2009.
  • Segundo David I, a Embarcadero está alterando várias das suas ferramentas para bancos de dados, para ter suporte ao Firebird. As novas versões devem estar disponíveis no final de 2009/começo de 2010.

Entramos na reta final para a realização do 6º Firebird Developers Day! Em cerca de um mês, o evento trará a todos os participantes, informações de alto nível, imprescindíveis para qualquer desenvolvedor ou DBA

[]s
Carlos H. Cantu